Home | Notícias | Prefeitura e CFC

Notícias

Prefeitura e CFC

Arboviroses

Projeto da Prefeitura do Recife com o CFC e outras sete instituições propõe medidas para evitar a reprodução do Aedes Aegypti

    O CFC participou, na manhã desta sexta-feira 24, no auditório do 15° andar, na Prefeitura do Recife, no Bairro do Recife, área central da cidade, da abertura do Plano de Enfrentamento às Arboviroses Transmitidas pelo Aedes Aegypti.

     Participaram do evento a coordenadora dos Projetos Sustentáveis do CFC Denise Paranhos, a coordenadora do ensino Fundamental Andréa Sílvia, a professora de biologia Luciene Silva e as alunas do 7° ano Marina Berenguer e Maria Clara Belfort. 

    A mesa da prefeitura foi composta pelo secretário de Saúde Jailson Correia, pelo prefeito Geraldo Júlio, pela secretária executiva do estado Luciana Albuquerque e pelo vereador Chico Kiko.

    O secretário de Saúde Jailson Correia, que abriu o evento, explicou sobre algumas ações técnicas da prefeitura.  “De 2015 a 2017, realizamos 84 mutirões, onde foram recolhidas 360 toneladas de lixo. Durante o período, realizamos 2.468 ações educativas e 2.950 parcerias”, relatou. O secretário ainda ressaltou que as arboviroses saíram do status de emergência, mas continuam sendo uma questão de grande prioridade para a prefeitura. Segundo ele, as ovitrampas, que são uma espécie de armadilha que simulam o ambiente perfeito para a procriação do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika, devem ser ampliadas na cidade.

    O prefeito Geraldo Júlio disse que é importante o engajamento de toda a população no projeto. “É uma luta de todos nós. Os recifenses já mostraram que estão engajados na causa, pois o mosquito tornou-se perigoso. Precisamos combatê-lo com muito mais força. Enquanto a ciência não nos mostrar um jeito diferente de lidar com a questão, o modelo é esse: todos juntos contra o mosquito”, destacou. “A iniciativa desse plano é fundamental, pois reforça que, além dos cuidados que devemos ter em casa, é preciso ampliá-lo para todos os tipos de imóveis, como prédios comerciais, escolas, supermercados e outros”, completou. O prefeito ressaltou que essa é uma campanha que o alegra muito, porque requer engajamento e união das pessoas. “Estamos passando por um momento difícil no país. Por isso, a união é fundamental. Vamos nos unir contra o mosquito e contra as doenças que ele causa. Isso é vida, é qualidade de vida”, finalizou Geraldo Júlio, que concedeu o certificado de participação no projeto ao CFC, única instituição educacional convidada para participar do evento. 



Outras notícias
I Mostra de Música do Integral

Clique e saiba mais

Abertura da Campanha Amigo do Ciclista

Clique e saiba mais

Dia Mundial sem Carro

Clique e saiba mais

Uma semana dedicada aos pais

Clique e saiba mais